Skip to content

Para todos aqueles que defendem a liberdade

June 6, 2010

Estão circulando na Internet dois vídeos da produtora israelense Latma TV, legendados para o português e repassados aqui no Brasil por alguém que se esconde no YouTube sob o pseudônimo de “perempta”.

O primeiro deles, no ar em versão legendada desde quinta-feira (3/6), tenta esculhambar a imagem do Brasil e do presidente Lula (Lula, the idiot, traduzido como Lula paga mico em Israel). Exibido e desmiolado, o fake de Lula da Latma diz querer urânio para se divertir, mostrar aos Estados Unidos quem está no comando e tomar posse da Argentina.

Mais grave ainda é o segundo vídeo da tal produtora israelense, que circula desde sexta-feira(4/6) na versão legendada e parodia a música We are the World, de Lionel Richie e Michael Jackson. A piada do dia, para a tristeza do mundo, é o ataque à “Frota da Liberdade”, missão organizada por ativistas de 50 países com o intuito de levar ajuda humanitária a Gaza, dia 31 de maio, e que deixou nove pessoas mortas e muitas outras feridas.

Neste vídeo, que leva o título We are the Con (Nós somos os enganadores, traduzido como O Coral da Flotilha), os ativistas são travestidos em espertalhões que enganam o mundo e a mídia. Porque – diz a paródia – em Gaza não há mortes, nem crise, nem fome, nem doença, mas é preciso simular tudo isso para continuar comprando queijo e mísseis com o dinheiro da ajuda internacional.

A perplexidade com os vídeos da Latma – que desavisados como o tal de “perempta” tentam usar politicamente e de forma eleitoreira – não é apenas nossa. O jornalista Robert Macker, do New York Times, por exemplo, dedica uma extensa análise a respeito das informações veiculadas sobre o ataque à ajuda humanitária em seu blog The Lede, dia 4 de junho (sexta), e faz interessantes revelações.

A primeira delas é de que a Latma TV nada mais é do que uma iniciativa da organização Center for Security Policy (CSP) de Washington, que sob a filosofia “Paz através da força” dedica-se desde 1988 a formular e estabelecer ações em defesa da “segurança nacional” norte-americana. E quem assina isso é ninguém menos do que Caroline Glick, colunista do Jerusalem Post e editora da Latma TV, no seu próprio blog. Caroline, é bom dizer, é ex-consultora do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

A sátira da Latma TV, que atinge de forma tão repulsiva os brasileiros e o mundo, neste momento solidário com a situação desumana a que estão submetidos os civis da Faixa de Gaza, é movida a ódio e a preconceito. Por isso, seus produtores e o tal de “perempta” se merecem. Já nós, preferimos o outro lado. O lado que quer dignidade para todos os palestinos. Para todos os israelenses. Para toda a humanidade.

José Roberto Mello e Ana Mello
Jornalistas

Advertisements
No comments yet

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: