Skip to content

Notícia ou manipulação?

May 30, 2010

Talvez por medo dos rumores de que uma nova pesquisa eleitoral (do Instituto Vox Populi) venha colocar a candidata à Presidência pelo PT, Dilma Rousseff, cinco pontos à frente de José Serra (PSDB), a Folha de S. Paulo transforma agora levantamento feito há dias por seu instituto, o Datafolha, em matéria favorável ao candidato tucano contra a petista.

A pesquisa – registrada no TSE com o número 12044/2010 – foi realizada entre os dias 20 e 21 de maio, em 162 municípios, e mostra o franco crescimento de Dilma Rousseff nas intenções de voto do eleitorado brasileiro (veja, abaixo, post nosso). Curiosamente, matéria de hoje (30 de maio) na Folha traz novas informações sobre o mesmo estudo – que até o horário desta postagem não estavam acessíveis no site do Datafolha (http://datafolha.folha.uol.com.br).

A pesquisa é a mesma, mas as conclusões são outras: para a Folha, importante é o fato de que o “eleitor de Dilma vê Serra como o mais experiente” – manchete da página A4 deste domingo, 30 de maio. A afirmação faz parte de um bloco de 24 perguntas e respostas, que definem também o tucano como o mais autoritário, o mais antipático e o que mais vai privatizar estatais.

Dilma, segundo publica a Folha, é quem está mais apta a combater o desemprego, a manter a estabilidade econômica e a proteger o Brasil das crises externas, ao passo que Serra seria melhor para combater a violência e cuidar da saúde. E mais: será Dilma quem defenderá os pobres, as mulheres e os servidores públicos – enquanto Serra sairá, na opinião dos eleitores mencionados pela Folha – na defesa dos ricos e dos empresários.

A Folha constrói um lide para sua manchete com base em informações vazias. Foge da discussão das propostas efetivas de governo e tenta trabalhar publicitariamente a imagem dos candidatos. A análise da página A10, na mesma edição, “Candidatos devem focar fatia do eleitorado”, é exemplo claro disso. Se experiência é medida por realizações, é bom lembrar que Dilma luta politicamente, há tempos, por um país melhor e administrativamente já mostrou experiência e competência como economista, secretária municipal da Fazenda de Porto Alegre (RS), secretária estadual de Minas e Energia do Rio Grande do Sul, ministra das Minas e Energia e ministra chefe da Casa Civil.

José Roberto Mello

jornalista

Advertisements

Comments are closed.

%d bloggers like this: